【INFECÇÃO URINARIA】O Que Causa INFECÇÃO URINARIA no Homem?

INFECÇÃO DA URINA

Como evitar problemas

Chá Caseiro Para Infecção Urinaria. As infecções do trato urinário ocorrem mais frequentemente em mulheres do que em homens.

– Por que as mulheres são suscetíveis à inflamação urinária?

– Quais são os sintomas da inflamação do trato urinário e qual é o seu tratamento?

O professor Włodzimierz Baranowski, da Clínica de Oncologia Clínica de Ginecologia e Ginecologia explica.

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Infecção Urinária

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) → Infecção Urinária: Conheça Remédios Caseiros Para Tratamento

 

Infecções do trato urinário sintomas geralmente começam da mesma maneira para todos:

– Primeiro você sente uma leve queimação ao urinar.

– Então a forte pressão na bexiga faz com que você corra para o banheiro de vez em quando. E uma vez que você está lá, mal consegue soltar algumas gotas.

– Muitas vezes é acompanhada de forte ardor e dor ao redor da uretra.

 

Infecção urinária causas

Inflamação do trato urinário (ITU) é a inflamação bacteriana mais comum em humanos, geralmente causada por Escherichia coli, diz o prof. Włodzimierz Baranowski, da Clínica de Oncologia Clínica de Ginecologia e Ginecologia.

Mulheres e homens sofrem de infecções de urina, mas as mulheres são as mais vulneráveis ​​devido a razões anatômicas, especialmente aquelas com idade entre 20 e 30 anos que são sexualmente ativas e após a menopausa.

– A uretra curta facilita os germes atingindo rapidamente a bexiga.

– Além disso, é diretamente adjacente à abertura vaginal e ao ânus, facilitando a entrada de microrganismos.

Em seu ambiente natural eles são inofensivos, mas transferidos para a uretra e, em seguida, para a bexiga e os rins podem causar inflamação.

Por outro lado, menos de pós-menopausa de estrogénio faz com que as membranas mucosas da vulva e vagina sejam mal lubrificadas, existindo uma atrofia urogenital, a qual está mais exposta à contaminação.

 

Conforme relatado pelo prof. Baranowski, a infecção também é favorecida por:

-Anormalidades do aparelho geniturinário

-Diabetes: o que aumenta o risco três vezes, mas apenas para as mulheres

-Fatores genéticos

-Ocorrência familiar

-Alta atividade sexual: especialmente antes dos 15 anos de idade

-O uso de espermicidas na forma de espuma: um aumento de cinco vezes no risco

-Gravidez

-Presença de bactérias anormais na vagina: vaginose bacteriana e bv

-Procedimentos cirúrgicos

-Complicações pós-operatórias: fístulas

-Doenças demenciais: em grande parte devido à necessidade de cateterismo

 

Um dos mitos sobre a ITU é que as infecções seria para “encorajar” o uso mais frequente do banho na banheira em vez de um chuveiro, o impacto do tipo de cuecas (se é roupa interior com fibras naturais) ou higiene “excessiva” ambiente íntimo.

– O uso de preservativos, pílulas anticoncepcionais também não é prejudicial.

– O parceiro sexual também é uma fonte rara de infecção.

– A frequência de micção também não é importante neste caso.

– Infecção de urina não irá impedir a micção após a relação sexual.

 

Infecção de urina sintomas

-Dor durante a micção

-Frequência urinária

-Dor no abdômen

-A necessidade de se levantar à noite para urinar

-Hematúria rara

-Febre

-Dor nas costas

No entanto, sintomas semelhantes podem ser causados ​​por pedras nos rins e tumores do trato urinário, enfatiza prof. Baranowski.

 

Complicações infecção de urina

-Retenção de urina: distúrbios da estática do assoalho pélvico – POP

-A necessidade de cateterismo constante ou frequente (30-70 por cento)

-Refluxo urinário, válvulas

Recorrências frequentes de infecção (40-60%): se a causa não foi removida

 

Infecção urinária tratamento

É usado de tratamentos com antibiótico.

Também é importante manter algumas regras simples na vida cotidiana que reduzam significativamente o risco de infecções do trato urinário inferior.

Estas incluem:

– Boa higiene pessoal

– Beber a quantidade certa de líquidos

– Prevenção do resfriamento das partes inferiores do corpo

– Higiene adequada (também do parceiro) antes e depois da relação sexual

– Mudança de espermicidas para outro método de contracepção

Além de mudanças nos hábitos diários, também é importante usar preparações que previnam a recorrência da infecção.

Tal formulação deve ter uma operação complexa para restaurar o bom funcionamento do trato urinário inferior:

– Diuréticos

-Anti-fixação das bactérias para as paredes da bexiga (agentes de libertação)

-Anti-inflamatório

-Antiespasmódico

Depois de usar um antibiótico ou furagine, o trato urinário é esterilizado e mais propenso a reinfecção, razão pela qual a prevenção é necessária para reconstruir sua barreira protetora natural, disse o prof. Baranowski.

 

Remedio para infecção de urina

Se você reagir imediatamente, as chances são de que a infecção tenha um curso leve e passe logo.

– Acima de tudo, beba muito líquido.

No começo, mesmo um copo de líquido a cada meia hora para acelerar a lixiviação de micro-organismos do trato urinário. A urina diluída não irá assar ao fazer o enchimento.

O mais saudável ainda é a água mineral, mas o tipo de bebida é basicamente irrelevante. Evite apenas café e chá preto, porque eles irritam a bexiga.

Tente suco diluído ou groselha preta, que graças ao alto teor de vitamina C inibe a multiplicação de bactérias.

Tomar medicamentos para desidratação e tomar suplementos diuréticos pode prejudicá-lo.

As mulheres grávidas não devem ser tratadas com preparações de ervas sem o conhecimento do médico.

Alcance as misturas de ervas:

– Uropatia

– Urtica fix

– Urosan fix

– Urosan

 

Pasta pastosa:

– Debeliazin

– Phytolysin

 

E se as infusões e pastas não passarem pela garganta, você pode utilizar comprimidos ou grânulos de composição semelhante:

– Urosal

– Urosept

– Urogran

– Albotyl

Todos eles têm efeitos anti-inflamatórios e diuréticos. Use-os de acordo com as instruções dadas no folheto.

Se você tem um problema cardíaco ou tem problemas de circulação, consulte seu médico primeiro.

 

– Pegue uma garrafa de água quente, costure sob a colcha.

O calor melhora o suprimento de sangue para a mucosa do trato urinário, o que acelera o tratamento.

 

– Você vai aquecer os galpões de ervas de camomila, sálvia (eles também têm efeito antibacteriano).

– Inclua cranberry na dieta porque tem propriedades anti-inflamatórias e impede que as bactérias se depositem nas paredes do trato urinário.

– Você pode comer geleia

– Beber 2 – 3 copos de suco por dia

– Adicionar frutas frescas aos pratos

– Procure uma preparação com um extrato de cranberry (Vitabutin, Urinal).

– Coma salsa, raiz e aipo bem como bagas de zimbro. Eles limpam bem os rins e os tratos urinários.

 

O que fazer se a infecção urinária não passar?

Se os sintomas não melhorarem dentro de dois dias após o tratamento em casa, você deve ir ao médico.

Não atrase a sua visita, especialmente se tiver febre, dor na área da cruz ou sangue na urina.

Você terá que fazer uma análise de urina com as sementes. Com base no resultado, o médico recomendará o tratamento.

As infecções do trato urinário causas não devem ser subestimadas, uma vez que a inflamação dos rins pode desenvolver-se a partir de qualquer inflamação da bexiga.

Portanto, depois de completar a terapia, vale a pena fazer um exame de urina para ver se as bactérias foram destruídas.

Infecção negligenciada pode causar inflamação recorrente dos rins ou órgãos reprodutivos. E daí o caminho simples para a insuficiência renal e infertilidade.

ATUALIZADO: 17.05.18