Quais são os descontos na folha de pagamento do meu salário?

Os trabalhadores que atuam através da CLT se deparam mensalmente com dois valores: o salário líquido e o salário bruto. O salário líquido é o valor que estará disponível na conta do contribuinte após o cálculo dos descontos existentes. Mas afinal, quais são essas alíquotas?

Imposto de Renda

Para que você comece a entender o que representa o total descontado do seu salário base, é importante conhecer o imposto de renda. Também chamado de IR, este é um imposto aplicado no seu salário com alíquota variando entre 7,5% até 27,5%, dependendo do seu salário.

A alíquota é calculada já com o desconto da contribuição previdenciária, que você irá conhecer logo mais. Quem recebe até R$1903,99 é isento da taxa. É interessante mencionar que os trabalhadores que estiverem dentro do requisito de declaração do IR, devem ainda informar os dados requeridos pelo Imposto de Renda 2021.

Contribuição Previdenciária

A contribuição previdenciária é uma taxa obrigatória de todo trabalhador que atua com a carteira assinada e assim como o imposto de renda, varia de acordo com a faixa salarial do contribuinte, podendo promover descontos entre 8 e 11%.

Essa contribuição é referente ao valor destinado ao INSS e permite benefícios como a aposentadoria, o salário-maternidade, o auxílio-doença, a pensão por morte, entre outros. Cada um desses direitos têm seus próprios requisitos de liberação e portanto, deverão ser consultados pelo beneficiário junto ao Instituto.

Vale-transporte

O vale-transporte é custeado, parcialmente, pelo empregado, que deve cumprir com até, no máximo, 6% do seu salário. O contratante em questão deverá cumprir somente com o completo desse valor. É válido ressaltar ainda que o desconto do vale-transporte deverá vir discriminado na folha de pagamento do funcionário.

Caso o funcionário não precise utilizar o transporte público, este pode informar ao seu empregador que não há necessidade do desconto e assim, os 6% do salário deixam de estar comprometidos com este recurso.

FGTS

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) funciona como uma conta obrigatória para o trabalhador e fica inacessível até que seja liberada pelo Governo (com valores, geralmente, parciais) ou pelo fator demissão sem justa causa e para que esse valo seja possível, há o desconto na folha de pagamento do funcionário.

O desconto do FGTS representa 8% do salário do empregado e deverá estar discriminado mensalmente no seu contracheque.